quarta-feira, 30 de setembro de 2015

#SemanadoGato - O que é preciso pra adotar um animal?

Oi vocês,

   Mas um post da #semanadogato, estão gostando?
   Bem, agora que já apresentei vocês aos meus gatos: Ivy, Tico e Astro, posso dar dicas de o que fazer e como fazer. De início quero deixar claro que pra adotar um animal é preciso apenas duas coisas: Vontade e amor.
   Pronto, simples!!! Você não precisa de papeis, dependendo de como for, nem dinheiro, nada além de vontade e amor. O ponto é que depois da adoção, as coisas não acontecem como mágica né?! O animal não se alimentará sozinho, não será amado pelo nada e precisará de cuidado pra sempre. É simples, quase como adotar uma criança.

  Precauções
            É muito, muito importante ter certeza da adoção/compra de um gatinho, ou de um cachorrinho, ou qualquer animal doméstico. Antes de retirar um animal de uma ONG ou de um lar, é preciso ter ciência da sua atitude, não deve haver desistências. É triste ver cachorros serem devolvidos porquê são muito alegres, ou gatos porque soltam muito pelos.
           Aconselho a antes de fazer a adoção, pesquisar sobre os hábitos do bicho. Em caso de gatos, é bom verificar que não faltará paciência porque o gato arranhou um sofá, ou porque o bichinho não dorme de noite, ou porque fez xixi na sala. Também é preciso entender que cachorros novinhos são muito alegres e cheios de energia, e que não fazem necessidades na areia, e que não entendem certas coisas como: não pode morder esse travesseiro.
          Entendam que é tudo a base do treinamento, da paciência e do amor. No último dos casos, é sim melhor devolver do que tratar mal o animal.

Não sei se é um gato ou um macaco?! kkk
Esse é meu danadinho querendo trabalhar!



                                              












                                              Pós-Adoção.

         Como é a #SemanadoGato, eu vou falar sobre eles né?
         Imagine você hoje, acabando de adotar um gatinho jovem. Ele entra em casa, todo assustado, começa a cheirar tudo, descobrir os lugares, ter confiança no ambiente e em você, o que fazer? Eu sugiro que fale baixinho com ele, e deixe ele entender como funciona a casa. Dê bastante carinho e uma cama quentinha, se possível uma caixa de papelão, ele/ela vai adorar.
         Caso more num apartamento, é IMPRESCINDÍVEL a aplicação de telas nas janelas, e que a atenção seja redobrada ao abrir as portas. Você definitivamente não vai querer seu gatinho brincando de super gato na janela né?
          Morando em casas também é bom que sejam aplicadas as telas, e caso você queira ou goste de deixar seu gato dar rolês na rua, é IMPORTANTÍSSIMO que seu gato seja castrado. Gatos na rua se divertem às vezes, mas eles podem apanhar, pegar chuva, doenças e até mesmo sumir pra sempre.
          Outra coisa no pós-adoção, é comprar areia para o gato. Não dá pra brigar com o animal porque ele fez xixi na sala, se ele não tem a areia. Inclusive, existem vários tipos de areia e a melhor pra é de acordo com o que você achar que deu certo na casa. DICA: areia com cheiro foi a pior escolha que fiz.
          Dependendo de onde foi adotado o gato não vem vacinado, é bom também lembrar disso hein?! Não queremos gatinhos doentes por aí!


"Não me deixa mamain"
Se até eles se amam, porquê não nós?

















 Tive problemas, e aí?

       Com toda certeza, não sou eu a atirar pedras em quem term problemas na adoção de animais. E principalmente ao adotar gatinhos, pois eles são territoriais e alguns são difíceis de ganhar o carinho logo de início. O que fazer se o gatinho não consegue se adaptar ao ambiente novo? Eu sugiro que tente de todas as formas. Novas comidas, novos brinquedos. Mais espaço. Só peço que não jogue o bichinho na rua, isso não se faz. NUNCA!
      "Vou mudar para apartamento, vou doar meus animais" PARA DE DESCULPA!
Eu fico particularmente louca da vida, enfurecida quando ouço isso. Porque não é desculpa. Você pode se livrar de um sofá, não de um animal com sentimentos, assim como não vai doar um filho caso mude para uma casa. Olha o animal não ficará triste por ter um espaço menor, ele irá se adaptar, irá aprender, sabe porque? Porque ele te ama! Simples assim, para o gatinho você é um gato maior, o qual ele respeita e ama, como se fosse da mesma raça? Se até ele faria tudo por você, pra que abandoná-lo? E gatos aguentar viagens longas, assim como viagens para outros países, com uma boa pesquisada tudo se encaixa.


E com pesquisa e paciência, tudo se resolve.
              
Com amor a gente faz tudo né?






















Bem, os post de hoje ficou bem esclarecedor. Não quero assustar ninguém, mas abrir os olhos de quem imagina que adotar é brincadeira. Adotar é amor meu queridos, adotar é divino. Tirar um animal de situação de abandono é maravilhoso, ele te amará como ninguém e com certeza você o amará, e terá um melhor amigo pra vida toda.
Espero que tenham entendido direitinho, e que gostem desse quase artigo pessoal. Amanhã tem um post super divertido, falando sobre manias esquisitas dos gatos.

Fonte


Kissus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário