quinta-feira, 15 de julho de 2010

Pela manhã ....

Ela acorda , o corpo todo sabe disso , mais os olhos ainda lutam pra manter-se fechados , passam alguns minutos tentando se acostumar a idéia de abrirem-se ... Depois desse tempo meio ' grog ' , ela levanta , dá um pulo cambalenate , afinal , dorme em um beliche vermelho , rodeado por papéis e outras coisas , vai andando direto para o banheiro , não gosta de se ver no espelho , acha os olhos muito inchados ....
Toma um banho calmo , e preguiçoso , a agua quente cai sobre o corpo e leva em bora os restos de sonhos da noite passada . Volta pro quarto , se enfia em uma roupa escolhida no dia anterior , senta frente ao espelho e volta a sonhar , com seu principe , que na noite passada lhe disse tantas e tantas coisas bonitas , promessas , sonhos , e não , ela não faz parte daqueles que pensam que o amor é passageiro , definitivamente não . Ela acredita piamente que esse amor é pra sempre , e se isso bastar , suas manhãs serão bem melhores daqui a algum tempo , mais por enquanto , ela sonha de manhã , com a vida que levará no futuro , uma vida linda e roxa , uma vida a dois , uma vida colada em outra , duas em uma ... ah essa manhã .....


Nenhum comentário:

Postar um comentário