terça-feira, 19 de janeiro de 2016

Decasa: Escolhendo o estilo de decoração

Oi vocês,

Como foi a virada por aí? Foi tudo tranquilo? Bem, por aqui foi tudo bem.
Bom, esse ano eu realmente irei me mudar, eu achava que não ia acontecer mas, vai sim. E quando a ficha caiu que eu vou mesmo morar sozinha com meu namorado, bateu aquele leve desespero haha
Eu já moro sem meus pais há algum tempo, mas a minha casa era super "temporária" na minha cabeça, então eu não me dediquei a decorar nada. Na parte de economia e contas a pagar já tenho experiência, mas na decoração confesso que sou bem "nível 1 de 10".

Depois de um tempo trocando idéias com o Henrique, a gente viu que financeiramente e esteticamente, o melhor estilo pra decoração seria o famoso: minimalismo.






Um estilo que carrega como tema usar apenas o necessário, cores sóbrias e tudo muito clean.
Eu gostei? Gostei! Vou conseguir fazer? Muito provável que não.

Pelo que entendi o minimalismo vai além de decoração, é uma coisa que se leva pra vida. Poucas cores nas roupas, sempre tons simples, sem guardar muito treco, e usando apenas coisas boas, que compensem o valor investido e que durem bastante, um exeplo ótimo do que estou falando é o instagram @apartamento33 (http://www.eliane.com/blog/tag/apartamento-33/). 
Infelizmente eu não sou assim, eu quero uma parede CHEIA  de posters dos meus filmes favoritos, quero um montão de xícaras, adoraria um quarto temático com coisas que eu e o meu namorado amamos, com muitos e muitos livros em estantes, luminárias do Batman, guitarras na parede, Narutos por todo lado. Como eu encaixaria isso em um tema minimalista? Não dá.


Imagem do Pinterest. ( Cadê a cor minha gente?)


Passando por esse tema, o próximo que se aproxima dos nossos desejos é o estilo Steampunk. Esse sim, cheio de bronze e madeira, é um estilo que junta o novo ao antigo, o inusitado ao já conhecido. É um estilo digamos "novo", ele começou a ficar famoso lá pelos anos 90 entre os amantes de ficção científica (lê-se EU).
Claro que este estilo seguido a risca não sai barato, pra representar o estilo usa-se muito couro, cobre, livros, móveis antigos que remetam a Era Vitoriana, e tudo tem esse tom marrom e pesado.  É um estilo baseado no passado, numa época imaginária que foi e é muito utilizada em livros de ficção, um dos que mais demonstram isso é a Bussola de Ouro, e aquele maravilhoso Wild Wild West, com o Will Smith.



Fala sério, este estilo é maravilhoso. Eu me empolgo sobre ele porque, é tudo de madeira, é como viver num filme do Dr. Bugiganga. A facilidade para criar também me encanta, pra decorar a casa posso ir numa loja de materiais e comprar vários canos e "tcharam", faço uma linda estante ou um lindo abajur. Estou muito tentada pra esse lado.

Imagens do Pinterest. Quero um quartinho de leitura assim, posso?





É claro que não é necessário um "estilo" pra sua casa ficar linda, é que eu particularmente, adoro coisas temáticas. Tecnicamente me organizo melhor se sou ber o que vou fazer. Mas até eu não decidir nada com o Rico, vamos levando a casa num tema normal mesmo, até a gente poder investir bastante nisso, e quem sabe levar a decoração da casa pra o estilo de viver, não é mesmo?


Bem, eu ainda estou em dúvidas, vocês têm algumas dicas? Tô precisando super.


Mas as dicas que deixo pra vocês é muita pesquisa e muita conversa, porque NEM SEMPRE, aquilo que a gente acha lindo e bonito é o que estamos dispostos a usar no dia a dia. Têm que ser algo aconchegante e que caiba no orçamento né?!


2 comentários:

  1. Cuidado com a TPM, ela existe! É a Tensão Pré Mudança. Fora isso, é uma fase de expectativa, muito boa, né?! Bom final de semana!

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto de várias coisas, então penso em fazer cada cômodo uma decoração hahaha
    Minha cozinha quero bem fofa, a sala de estar temática inspirada em Games Antigos, Meu quarto bem sóbrio em tons de preto e cinza.. então acho que o importante no fim é você se sentir bem mesmo que a decoração seja "uma bagunça" ahauah

    ResponderExcluir