quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Rua dos cataventos (trecho)

Do que eu ia escrever até me esqueço...
Pra que pensar? Também sou da paisagem...
Vago, solúvel no ar, fico sonhando...
E me transmuto... iriso-me... estremeço...
Nos leves dedos que me vão pintando!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário